E assim foi o 2º Manifestejo

Com a presença dos grupos, artistas, projetos e movimentos sociais de dentro e fora da zona-leste, ocorreu na Vila Curuçá (Espaço do Balaio) o 2º Manifestejo – Uma Festa Manifesto – uma iniciativa da Rede Livre Leste, da qual o Balaio é membro fundador.

Assim como o primeiro, realizado em 2009, o objetivo é reunir grupos, artistas, movimentos, lideranças e representações de projetos da periferia para debater sobre os rumos da Rede Livre Leste em relação a mobilização social em torno da arte e da cultura, discutindo as diretrizes da rede e planejando as ações e encaminhamentos, ao mesmo tempo em que são manifestadas questões de protesto, reivindicações, posicionamentos e, claro, arte.

O resultado infelizmente não é relatado em texto. É viver para crer, ou crer para viver, ou quem vier verá, e viverá. Resumindo, a presença é que faz a memória. Mas ficam algumas imagens e manifestações por escrito para a posteridade, seguidas nesta postagem. O próximo Manifestejo está por vir no próximo semestre. Atentos na divulgação no site do Balaio!

*Clique nas imagens para vizualizá-las em maior tamanho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: